sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Meu próximo grande livro



O início das relações até podem ser consensuais. O final, nem sempre.


Aproveito que hoje é o primeiro dia da 53o. Feira do Livro de Porto Alegre para anunciar que O Passado, do argentino Alan Pauls (530 p., Cosac Naif) vai ser o meu próximo grande livro. Hoje estréia nos cinemas também o filme O passado (Hector Babenco) baseado no livro. Trata-se de uma separação que é interpretada como história de amor. Depois de 12 anos de casados, a mulher não desiste do amor do seu homem, insistindo em fazer parte da vida dele, interferindo nos novos relacionamentos dele. Em entrevista à Folha On-line, o diretor disse algumas pérolas como:


"Quem manda na relação é a mulher. Por mais que o homem seja agressivo nos negócios, por mais que ele seja autodeterminado nas atitudes empresariais e comportamentais, o vetor da relação é a mulher".


Os personagens que saem da normalidade são os que interessam à dramaturgia". E a ele, especialmente, interessam aqueles que "carregam uma loucura com aparência de normalidade".


Para completar, o filme é com Gael García-Bernal. Na história, ele é um tradutor e o livro traz uma série de metalinguagens que o diretor resolveu deixar de fora. em As travessuras da menina má, de Mario Vargas LLosa, que se passa em várias partes do mundo, principalmente Paris e Londres, revelou-se muito interessante, o protagonista também era um tradutor/intérprete. Uma "profissão-fantasma", como dizia um outro personagem. Isso deixa tudo ainda mais instigante pois idiomas exercem um fascínio à parte sobre mim. Enfim, ao que parece, boa literatura e bom cinema sobre a loucura nossa de cada dia. Parece perfeito! S*



2 comentários:

Paula Puhl disse...

Eu também quero! Acho que todos do grupinho seriam ótimos personagens segundo Babenco!

Sandra disse...

Com certeza. Conheço muitas vidas que dariam verdadeiros épicos, outras, apenas um curta. Será que vai dar Feira neste feriado? tenho que fazer minha listinha de livros acadêmicos e a para pura fruição. BJs,