domingo, 29 de março de 2009

II gamepad: seminário de games, comunicação e tecnologia


O II gamepad começou sexta (27/03) e acabou ontem (28/3). Apesar de estar escalada para mediar o gt jogos digitais já na sexta-feira à tarde, devido à palestra da Seprorgs, só pude fazê-lo no sábado pela manhã. Assim como o gt cultura pop, mediado pela Adriana Amaral na sexta, este trouxe um perfil de trabalhos apresentados bastante diferente dos que estamos acostumados nos eventos da comunicação. Para começo de conversa, teve aquela mistura que também acontece nas edições dos congressos de História da Mídia entre alunos da graduação, mestres, mestrandos, doutorandos e doutores, que eu adoro. No gamepad, o mais legal é que tem gente a comunicação, do curso de jogos digitais da Feevale, of course, das artes e de cursos de tecnologia, o que compõem um espaço para troca de ideias realmente interessante. Ver lista de trabalhos inscritos aqui.


Dá para perceber que o evento está se consolidando a partir de diversos indicadores:

1) número e qualidade dos trabalhos apresentados nos gts;


2) número e variedade de palestras, oficinas e atividades paralelas oferecidas (dessa vez nem deu para praticar meu guitar hero);


3) financiamento do CNPq.;


4) variedade de procedência dos participantes (Brasília, Paraíba, Curitiba, São Paulo, e algumas cidades do Rio Grande do Sul.



Havia dois aspectos que eu tinha dúvidas de se ia dar certo: 1) a época do ano; 2) e os dias da semana. Eu estava enganada. Houve um bom número de inscritos, creio que devido à ausência de eventos similares no estado durante o primeiro semestre (além, é claro, da originalidade da proposta) e, pasmem, as palestras de sábado à tarde estavam mais cheias do que a de abertura na sexta à noite. O gt de jogos digitais da manhã também contabilizava um bom número de participantes (entre eles, professores que preferiram apresentar trabalho no sábado porque trabalhariam na sexta à noite). Pelo menos os alunos da Feevale trabalham durante o dia, durante toda a semana. Assim como professores de instituições próximas que também se fizeram presentes no último dia (pessoal, o evento acabou no sábado, às 18h, e o auditório estava bem cheio).
Fica a dica para quem organiza eventos acadêmicos.
Como sempre, foi ótimo reencontrar os amigos em outras atvidades paralelas ao evento. E, por meio da "perucagem", alivanhar vários outros encontros.

6 comentários:

Alice disse...

Acompanhei de longe, mas a ideia que ficou é de que, realmente, o Gameped está se firmando. E, agora, tudo sei sobre o significado de "perucagem". Bj

Tekhnè disse...

E ficaste sabendo de uma maneira bem didática sobre a perucagem, não é? Teremos novidades para os eventos de comunicação X tecnologia para o ano que vem. Aguarde...

Ticiano disse...

Eeee!!! Em breve "Quer perucar? Pergunte-me como" by Tpaludo, sucesso absoluto de vendas. Lévy, me aguarde...

Adriana Amaral disse...

hahahhahahha tava massa mesmo!!!

Júnior Benkenstein disse...

Legal é notar a evolução do primeiro pro segundo. Bem legal.

Tekhnè disse...

É verdade, Júnior. Com o Seminário Blogs foi a mesma coisa: o segundo ano estava bem melhor.