terça-feira, 11 de novembro de 2008

II Simpósio Nacional da Abciber - 2o. dia


De manhã, Mesa 3 sobre cognição e cibercultura, com Vinícius Pereira (UERJ/ESPM) e Fátima Régis (UERJ). Em seguida, foi a vez da Lúcia Santaella (PUC-SP) e Fernanda Bruno (UFRJ) falarem sobre hibridismo no ciberespaço e novas formas de vigilância e de contra-vigilância.
Depois de almoço com Diretoria e Conselho da Abciber no Macedo`s, mediação de Painel sobre mídia social em ambientes imersivos. Apesar de algumas questões logísticas terem de ser contornadas, o debate foi interessante para os presentes, em diferentes estágios de pesquisa. Em seguida, Plenária sobre Plágio, mediado pela Raquel, devido às facilidades desta prática com a internet e sobre o descompasso do tratamento dessas questões pela Justiça. Saíram algumas idéias de intervenção por parte da Abciber quanto a isso. Nada como a colaboração para se chegar a boas idéias.

Agora, o corpo e a cibercultura, na arte e no entretenimento, com Diana Domingues (UCS), Luíza Paraguay Donati (UNISO) e, neste momento, André Lemos (UFBa). Enquanto a apresentação da Diana mostrou o Living Tatoos, com smart mobs de tautagens em um tatuário, a da Luíza foi feita, praticamente, em clouds. André Lemos está falando agora. Começou sua fala a partir de uma postagem em seu blog sobre o wii, falou da "internet das coisas", de "download do ciberespaço"e do fim da balela de contrapor real e virtual.
Depois, vai ter um jantar de confraternização com todo mundo.
Amanhã de manhã é minha conferência. Não me canso de dizer que está muito legal participar disso tudo. E que, com certeza, foi o evento mais legal de que eu participei neste ano, por questões profissionais e afetivas. Quem quiser acompanhar as conferâncias ao vivo, é só acessar aqui. (das 9h às 12h e das 19h às 21h, a minha deve começar às 11h).

Um comentário:

technology disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry