quinta-feira, 10 de maio de 2007

Celacom 2007

Acabou ontem o Celacom 2007, que neste ano foi sediado na UCPel, em Pelotas, RS. O evento estava bem organizado. A Raquel disse que a organização foi toda centralizada pela Metodista de São Paulo. Academicamente, não foi muito proveitoso para mim. Basta ver a programação e entender por que. Não tenho interesse (nem paciência) em Teoria da Comunicação ou História do Pensamento Comunicacional Latino Americano. Até aí tudo bem, pois já conhecia a proposta do evento, bem como sua programação. No entanto, os GTs, que é o que realmente me interessa em congressos e afins, reuniram trabalhos aleatoriamente. No meu GT (Comunicação, Educação e Linguagens Comunicacionais), cujos trabalhos foram muito bem conduzidos pela "Elisa-recém-chegada-de-Paris", só o meu tratava de TIC. Todos os trabalhos eram qualificados, bem organizados metodologicamente, incluindo o de Iniciação Científica da UFRGS. Tudo bem, pensei que pudessem haver novos "olhares" sobre minha pesquisa a partir de outros pontos de vista, mas as observações sempre ficam num plano superficial e a partir de um ponto que não me interessa. Fiquei um pouquinho frustrada.

Momento tenso foi o da melhor palestra Gêneros Digitais: Tipologias da Internet, com o Alex (UFRGS), o Vinícius (UERJ/ESPM) e o Elias Machado (UFSC), ontem de manhã. O Alex e o Vinícius, como sempre, trouxeram temas pertinentes e inovadores sobre mídia digital e o EM foi um atraso em termos de palestra: não preparou nada e ainda fez sua apresentação malhando o ponto de vista dos demais palestrantes, sem nenhum argumento válido, é claro. Para resumir o tom de generalidade da palestra dele, ele começou falando que sempre teve tecnologia na sociedade, que isso não é coisa de hoje, que o jornalismo on-line não precisa utilizar todos os recursos multimídia, porque funciona só com texto e que com o mundo globalizado ele só se pergunta o que é que vai ser de Cacequi, a cidade natal dele. Sim, foi nesse nível a coisa. E o pior, é que a platéia ficou do lado do EM!!!

No mais, foi ótimo reencontrar com os amigos-pesquisadores no fim do dia na Doçaria de Pelotas e nos famosos Rua XV e no João sem Gilberto, contando sempre com a MC como cicerone particular, representando o " jet set" pelotense.

Sobre a cobertura do evento, ver o blog de cobertura do Celacom 2007. E o da Aletéia, para um ponto de vista mais pessoal sobre o evento.

Aproveitei para divulgar nosso Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital que acontece ainda neste mês. Acho que consegui angariar algumas participações em GT. Vamos ver até sábado (12/5), dia em que encerra o novo prazo para submissão de trabalhos.

6 comentários:

Adriana Amaral (Lady A.) disse...

A Ale tinha me falado que a palestra dele tinha sido uh ó... mas não preparar é o fim da várzea...

Sandra disse...

E pior que isso, é falar fazendo ridicularizando a fala dos palestrantes anteriores e não acrescentar nada. é, no mínimo, deselegante. E o pior é que o povo gostou. Foi bem "polêmico".

MC disse...

estou pra escrever meu post sobre isso. sobre a comemoração gremista, achei uóh :P esse pessoalzinho não tem como ser do jet set ahahahaha

Paula Puhl disse...

Sandra esqueceste de colocar o grito de guerra " temos que os orgulhar se sermos latino-americanos".....assim não dá!!!

Sandra disse...

É verdade! Serialegal colocar em MP3. Bjs

Aletéia disse...

Oi Sandra,
eu fiquei horrorizada com o Celacom... e com a participacao do "EM" na excursao para o Intercom SUL (aproveitamos a carona com os alunos da UCPel) e o pior é a mentalidade de alguns alunos que adoraram "as idéias" do EM... é a turminha que usa máquina de escrever ainda... aquelas olivette rsss

Sucesso no Seminários dos Blogs...

bjs Ale